Quando usar solda MIG

Quem vive o dia a dia da indústria sabe: várias vezes, os equipamentos de soldagem não são usados de modo correto pelos técnicos ou não evidencia as suas funcionalidades exploradas ao máximo. Isto ocorre visto que vários profissionais não evidencia o entendimento preciso para usar totalmente todos os recursos disponíveis.


Pensando nessa história, separamos, a seguir, algumas dicas essenciais, listadas por Wagner Santos, técnico em soldagem pela FATEC-SP, para ajudá-lo a usar as máquinas de soldadura da melhor forma possível. Afinal de contas, a maior parte dos complicações pode ser fácil resolvida com pequenos ajustes.

Saiba Mais: Se você esta aprendendo a soldar MIG, veja aqui algumas dicas de posicionamento e manipulação


No momento em que a equipamento de soldadura para de ter êxito a todo o hora, porém se preserva ligada


“ Ótima parte dos equipamentos de soldagem apresenta uma proteção térmica que evita o superaquecimento dos componentes internos da equipamento. No momento em que há um crescimento da temperatura, um led é acionado, o que indica que o equipamento entrou no tempo de esfriamento. Para não deteriorar a equipamento, ela não precisa ser usada até atingir uma temperatura ideal para o seu desempenho ”, recomenda Santos.


No momento em que este dificuldade acontece com frequência, podemos realizar que o equipamento de soldagem em discórdia não é o mais apropriado às necessidades da indústria. Certamente, a equipamento é bastante jovem para a energia do trabalho. Nesses casos, a orientação é o utilização de um maquinário maior, que permita um maior ciclo de trabalho.


No momento em que não é possível ter o morrer esperado com as soldas MIG que não utilizam animação


Os equipamentos de soldagem MIG que não necessitam da combinação de gases ( CO ²/ AR ) usam de um dinheiro tubulado calçado, capaz de cumprir a soldadura. Não obstante, com isto, não há uma proteção em redor da poça de soldadura, gerando promoção na ocorrência de respingos.


“ Em cerca de 90% dos casos de contrariedade com estes equipamentos de soldagem, a motivo é o morrer, que encontra-se abaixo de do esperado. Nesses casos, o mais sugerido seria o processamento MIG clássico, com a uso dos gases. Equipamentos MIG sem animação são similares com os transformadores de soldadura de eletrodos, com a proveito de serem mais práticos e produtivos”, afirma o profissional.


No momento em que o transformador não soldadura chapas finas

Ingalls Shipbuidling welder utilizes the WCC system.


Transformadores de soldadura ou soldas argola não são recomendadas para processos de soldagem de chapas finas (com pouco de 2 mm de encorpadura ). Isto visto que os eletrodos revestidos precisam de altas amperagens para abrir o argola ativo.


Um eletrodo 6013 de 2,5 mm, que é um dos mais usados em funções médios, necessita de 120A para abrir o argola e começar a soldadura. Essa amperagem usada em chapas bastante finas pode acabar perfurando facilmente a superfície a ser soldada.


“Aos profissionais da indústria que trabalham com chapas mais finas, como os funileiros, por exemplo, é recomendada a uso do sistema MIG ou TIG, que apresenta maior banda de amperagem e incrementa muito o ventana de espessuras de chapas”, explica o técnico.

FONTE: https://www.r7.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *