Como fazer uma boa solda com eletrodo

A equipamento de soldadura é um equipamento que transforma a força da barga elétrica para a preocupação adequada na soldagem.


A soldagem se começa no momento em que um argola ativo é originado entre a ponta do eletrodo e a bem-feito ou metal de base.


O intenso calor originado funde o eletrodo a superfície da canhão nas cercania do argola. Pequenos glóbulos de metal depressa se formam na ponta do eletrodo e são transferidos por meio do argola ativo para uma poça de metal que se estabelece sobre a canhão, dessa maneira o metal é inserido à providência que o eletrodo é usado.


Com o desvio do eletrodo e por resultado do argola durante da soldagem, o metal de base vai fundindo-se com o do metal do eletrodo. Com temperaturas superiores a 5000º Celsius o argola ativo funde-se ao metal base aproximadamente instantaneamente após a boca do argola.


A corrente elétrica essencial para fundir o eletrodo e o metal de base é assente pela preocupação entre 16 e 40 volts e a intensidade entre 20 e 550 amperes, que pode ser tanto alternada quanto contínua, considerando-se para todos estes elementos as qualidades do eletrodo subordinado.


Eletrodos Revestidos


A caridade (o olho ) do eletrodo calçado consiste de uma vareta sólida de metal trifilado ou fundido. Ao fazer o argola oferece metal para a soldadura, e ao desacreditar o blindagem produz uma atmosfera protetora em redor do argola. Dependendo do tipo de eletrodo subordinado além de fazer-se suas qualidades elétricas o blindagem faz uma ou mais das seguintes utilidades:


Maneira gases para ajudar o argola e evitar a astúcia do gás e ar da atmosfera no metal fundido.
Produz uma dificuldade de escória para ajudar o metal abafado do ar melhorando suas características mecânicas, maneira e higienização breve do cordão de soldadura.


Oferece também redutores, desoxidantes e agentes fluidificantes que promovem um resultado de higienização na soldadura e previnem em oposição a um desenvolvimento exagerado dos grãos cristalinos do metal de soldadura.

Proteção do Argola


A atuação de proteção do argola criada pela liga do blindagem é desenvolvida de duas formas:
Parte do material imagina gases que envolvem a poça de liga enquanto que o remanente se transforma em escória que recobre o material ao longo sua concreção.


Dependendo do tipo de eletrodo subordinado teremos diversas proporções entre fabricação de gases e fabricação de escória.

Benefícios e Limitações do Processamento


O processamento de soldagem a argola ativo com eletrodo calçado é subordinado especialmente para soldadura de fabricação, preservação e construção em campo.



O metal de acrescentamento e a proteção ao longo a soldagem é fornecida pelo próprio eletrodo.
Não é essencial a uso de animação de proteção ajudar ou movimento.


O processamento é pouco bom a frescor e umidade que mais processos de soldagem com proteção gasosa.


Pode ser dado em áreas de acesso ínfimo


Metais de baixo ponto de liga como chumbo, estanho, zinco e suas ligas não são soldados por eletrodos revestidos visto que o calor originado pelo argola ativo é sobejo para esses metais.


O processamento similarmente não é apropriado para metais reativos como titânio, zircônio e tântalo visto que a proteção obtida não é satisfatório para proteger-se a contaminação da soldadura pelo gás.


Metais Que São capazes de Ser Soldados Com Eletrodo Calçado


Aços carbonos e baixa coalizão
Aços inoxidáveis
Ferros fundidos
Cobre
Dinheiro e suas ligas
Alumínio

Posições De Soldagem
Há quatro posições básicas de soldagem:
Plana
Horizontal
Perpendicular ascendente e vindo
Sobre cabeça.

Fontes De Força


Tanto a corrente contínua como a corrente alternada são capazes de ser empregadas para soldagem com eletrodo calçado dependendo do tipo de eletrodo scratch. Considerando que o performance do eletrodo e de todo o processamento será sugestionado pelo tipo de corrente scratch. Uma recomendação cuidadosa da soldagem indicará entre corrente alternada e contínua é a mais apropriada.


Escolha Da Fonte De Força


Alguns elementos precisam ser considerados para escolha de uma fonte de força para soldagem com eletrodo calçado:


Tipo de corrente de soldagem exigida
Banda de corrente exigida
Posições de soldagem
Tipo de preocupação disponível no local de trabalho

A compilação do tipo de corrente, alternada, contínua ou ambas, será baseada nos tipos de eletrodos a serem usados e tipos de soldas a serem executadas.


Corrente alternada – transformador ou alternador.
Corrente contínua – transformador-retificador ou moto-gerador.

Equipamentos e Acessórios

Saiba Mais: Dicas pra você treinar passes de acabamento na posição vertical ascendente



Acesso eletrodo: fixação do eletrodo.
Alicate bem-feito ou Garra Repulsa: faz a conexão do corda à canhão a ser soldada
Cabos de Soldagem: conecta o porta-eletrodo, o alicate-obra, a fonte de força, que fazem parte do giro de soldagem.

Recomendações Técnicas


Para se evitar choques elétricos o soldador não precisa cumprir soldagem se estiver sobre uma superfície molhada. Os equipamentos precisam ser examinados periodicamente para se certificar-se que não há fissuras, malévolo contato ou partes queimadas no porta-eletrodo ou na mão isolante do corda.

FONTE: https://www.r7.com

Soldar ferro fundido com latão

Entre elas, ajudar o metal de soldadura ; harmonizar o argola ; adicionar generalidades de coalizão ao metal de soldadura ; orientar o argola ativo ;

moderar a honra do metal de soldadura ; insular a caridade de aço; moderar a escória; favorecer certas posições de soldagem e estudar características mecânicas específicas ao metal de soldadura.



Ideal para soldas


Eletrodos dos tipos E 6010 e E 6011 foram projetados para soldar juntas de aço doce, ou seja, com baixa teores de carbono e de ligas. Este, entre os vários tipos de eletrodos, é recomendado para soldas chamadas de “multipasses”, especialmente nas posições perpendicular e sobre cabeça.

Sua aplicação é sugerida para tubulações em maior parte. Até mesmo de gasodutos, minero dutos e oleodutos, para as construções metálicas, naval, viadutos, pontes, chapas galvanizadas e tanques, por exemplo. Em todas essas aplicações, apresenta ótimo performance. No caso do E 6010, seu blindagem imagina baixa escória, que é fácil removida.

Maior estabilização do argola de soldadura


Já o E 6011, parecido ao primeiro, se diferencia por ter no seu blindagem a acrescentamento de compostos de potássio. Na execução, isto significa maior estabilização do argola e o utilização com corrente alternada. Distinto da soldadura em corrente contínua, a proveito é eliminar o poder sedutor.


Recomendado para metais de jovem encorpadura


Este eletrodo é o mais popular do mercado, o conhecido “ pau pra toda bem-feito ”.


Tem em seu blindagem um alto taxa de dióxido de titânio, podendo-se trabalhar chapas finas em todas as posições. As principais informações de utilização são para soldagens simples, tipo metalons, juntas mal preparadas e ponteamentos. Além disso, pode ser dado em caldeiras, serralherias, equipamentos agrícolas, chapas galvanizadas e tubulações.


Produzido para um argola de baixa astúcia, pode ser subordinado em funções em metais finos sem brocar a canhão. Seu blindagem tem compostos de potássio que atuam para harmonizar o argola em corrente alternada.


Realizado em aço carbono com blindagem chamado de rutílico. É recomendado para se trabalhar com argola mais agradável, causa pouco respingos e consequência em uma superfície constante.

De baixa astúcia, para chapas finas


De astúcia baixa e gênero de hidrogênio médio, o E 6014 tem qualidades semelhantes às do seu imediato, o E 6013. Seu blindagem tem dióxido de titânio e o produto pode ser dado em chapas finas, que exigem um trabalho mais meticuloso.


O mais progressista entre os de baixo hidrogênio
Os eletrodos E 7018 evidencia sua uso baseada especialmente em estruturas metálicas que exijam grande resistência à ruptura. Por exemplo, edificações, construções navais, vasos de pressão, juntas específicas de aço com grande resistência, indústria mecânica e para soldagem de campo e preservação de equipamentos em maior parte.


Com a acrescentamento de pó de ferro ao blindagem, o resultado final é um argola de soldadura mais agradável e, por resultado, com pouco respingos. O blindagem adquirido dessa composto química tende a oferecer mais estabilidade e direção ao argola, além da facilidade de cirurgia em qualquer opinião. A escória similarmente é removida mais fácil, garantindo dessa maneira qualidade e um cordão perfeito.

Com altas taxas de saída


Com blindagem bem similar com o dos eletrodos E 6012 e E 6013, o tipo E 7024 se diferencia por ter na composto do seu blindagem 50% de pó de ferro, o que consequência em um material bem mais fatigante.


Neste caso, a soldagem está limitada às posições plana e horizontal em óptica. É havido como de alta fabricação e recomendado especificamente para aços na construção de perfis e enchimentos em maior parte, como o de virabrequins, por exemplo. Com alta rapidez de soldagem, tem excelente morrer.


Suas taxas de saída são consideradas altas no momento em que domesticado a correntes da mesma maneira altas. Possui astúcia baixa e a eventualidade de utilização com correntes alternada e contínua (polaridade direta ou inversa).


Mais pó de ferro na composto


Com blindagem mais fatigante, efeito do feito de ter 50% em pó de ferro na composto.


O E 7028 carrega algumas semelhanças a outro braços da sua família, o E 7018, especificamente, as melhores características mecânicas do seu imediato.
Sua aplicação, que permite a técnica de arraste, similarmente atende as indústrias de edificações, naval, mecânica e de materiais que requeiram alta resistência. É considerado apropriado para funções apenas em posições plana e horizontal em óptica e tem alta tarifa de saída. Isto significa que o E 7028 é capaz de exercer grandes seções de maneira ágil.

Dessa forma é havido como um eletrodo de alto capacidade. Nele, a mudança de metal se efetua pelo tipo “aerosol”, outro coeficiente que o diferencia do E 7018, no qual este processamento se efetua de maneira “globular”.

Saiba Mais: Conserto com solda de uma placa de ferro fundido com um pedaço de aço carbono


Ferro fundido: alta resistência e sem fissuras


O eletrodo de ferro fundido tem caridade em dinheiro íntegro e permite a soldagem deste tipo de metal a frio ou com um nível fresco de pré-aquecimento. Isto é realizado no momento em que o metal depositado requer que seja feita usinagem sucessivamente. Ótimo para reconstruções, enchimentos, reparos de trincas e junções de ferros fundidos com dureza. Similarmente pode ser subordinado no enchimento de rupturas de fusão e para juntar o ferro fundido ao aço.


No caso de desempenho, o soldador pode sobrepor vários passes sem a urgência de higienização. Isto apenas é possível visto que sua escória, bastante fluida e rápido, possui a propensão de tremular constantemente em direção ao cordão. Entre os diversos tipos de eletrodos, o de dinheiro apresenta qualidades como ser altamente robusto e não estar predisposto a porosidade ou fissuras de qualquer tipo de ferro fundido grisalho.

Alumínio: saída para reparos de peças


O eletrodo calçado é um fundamental amigo no processamento de cotejo de peças de alumínio que não necessitem de um ótimo morrer. É recomendado para reparos de cilindros, de ventiladores, encaixes, chapas de base, telas e perfis laminados. No processamento de construção, o natural é usar os processos TIG e MIG para juntar as peças de alumínio. Isto, porém, várias vezes não é possível na preservação.

Dessa maneira, perante da impraticabilidade de usar estes processos ou mesmo de montar com profissionais da soldagem experientes para isto, o eletrodo resolve o dificuldade. Vale advertir que a recomendação é para peças com mais de 2,5 milímetros de encorpadura. A recomendação é de preservar o argola limitado e realizar pequenos cordões, sem movimentos laterais dos eletrodos.


Inoxidável: resistentes e pessoal em diversos segmentos


Os vários tipos de eletrodos para soldagem de aço inoxidável disponíveis no mercado contem em maior parte qualidades como alta resistência à enferrujamento, tração, trincas e à atuação de substâncias químicas, além da facilidade de retirada de escórias. São capazes de ser aplicados por segmentos como auxílio em tanques, tubulações de aço puro para produtos químicos e alimentícios. Similarmente são recomendados em reparos de molas, trilhos de guindastes e para a reconstrução de dentes de engrenagens de aço, por exemplo.

Vários tipos de eletrodos e aplicações distintas


Agora você já conhece um pouco mais sobre alguns dos principais eletrodos disponíveis no mercado, suas qualidades, de que maneira são capazes de ser usados e para quais aplicações cada um é sugerido.
O passo posterior é adotar o mais apropriado, seguir as informações de utilização e, usando os equipamentos de proteção exclusivo, colocar mãos à bem-feito.

FONTE: https://www.r7.com