Como administrar a contabilidade de uma pequena empresa

Você abriu seu próprio negócio há pouco tempo e também possui dúvidas na parte contábil? Fique sossegado, isto é impreterivelmente comum. Neste texto vamos esclarecer tudo sobre contabilidade que você necessita saber nesse hora.


Como você precisa imaginar, nem sempre saber o produto ou serviço que você oferece é o satisfatório. Saber um pouco sobre cada assunto da empresa é necessário para garantir que ela cresça de maneira segura e suportável. Sem as informações corretas sobre gestão contábil, por exemplo, um negócio corre o perigo de se reintegrar alvo de processos e multas ou até arruinar.


Dessa forma, esse material apresenta conceitos básicos de contabilidade para gestores que estão começando a conferir uma jovem ou média empresa. Descubra quais são os principais documentos e relatórios gerados, para que servem e qual a valia deles para a gestão do seu negócio. Papel e caneta na mão e vamos lá!


Princípio da Chance


Antes de saber tudo sobre contabilidade, você precisa saber este princípio. Ele diz que, na contabilidade, todas as informações precisam ser registradas em escriturações de imediato, de maneira correta. Precisam ser feitas constantemente dentro do tempo que as originou e pelo valor sui generis.


Escrituração


A contabilidade registra relatórios a partir de escrituração. A escrituração técnica é aquela que registra todas as aquilo que se faz comerciais e financeiras da empresa ( práticas e fatos contábeis). Lhe, os documentos são lançados nos livros contábeis ( veja mais sobre eles a seguir ).


Tipos de documentos


Todos os documentos da empresa precisam ser guardados e enviados para a contabilidade, uma vez que apenas dessa maneira será possível atestar e absolver as coisa realizadas em um certamente tempo de tempo.


Alguns exemplos dos principais documentos são:
Notas fiscais de matéria-prima e de serviços ( tanto compra como distribuição );

Saiba Mais: Um dúvida dos empreendedores é se sua empresa precisa de manter


Folhas de pagamento e todos os documentos referentes a elas;


Pró-labore;


Documentos expedidos por cartórios e tabelionatos;
Extratos de movimentação de instituições bancárias;


Documentos referentes a financiamentos e empréstimos.

Estes são alguns dos exemplos mais comuns do dia a dia da empresa, porém vale realçar que todos os documentos precisam ser guardados e enviados à contabilidade.


Livros contábeis


De acordo com o Código Comercial Brasileiro, todos os comerciantes precisam, impreterivelmente, ter uma contabilidade. Além disso, precisam seguir sua escrituração de forma padronizado, guardando os livros importantes para este fim enquanto o tempo de utilidade prescrito não for receitado.


Alguns tipos de livros usados são: Livro Diário, Livro Motivo, Livro Caixa, Livro Ajudar ou de Contas-correntes, Repartição de Duplicatas.


Como diretor, você precisa mandar todos os documentos à sua contabilidade, que providenciará os registros nos respectivos livros, além de apurar os impostos e contribuições importantes.


Demonstrativos


Tudo sobre contabilidade estará superficial neles. Os demonstrativos apresentarão os resultados do conjunto de informações enviadas por você à sua coadjuvação. Por meio deles, será possível expressar se a empresa trouxe ganho ou prejuízo ao longo um certo tempo.


Alguns dos principais tipos de demonstrativos são: Remelexo Patrimonial; Evidência do Resultado do Treino ; Evidência dos lucros ou prejuízos acumulados ( ou Evidência das Mutações do Acervo Líquido); Notas Explicativas; Evidência dos Fluxos de Caixa ; Evidência do Valor Inserido.


Viu apenas? Contabilidade não é possível, porém similarmente não é improvável. O ideal é que todo gestor tenha ao menos um entendimento ajuizado para ingerir as decisões certas. E, evidente, similarmente é fundamental montar com a coadjuvação de profissionais especializados.

Eles saberão tudo sobre contabilidade e poderão te auxiliar mesmo nos conteúdos mais difíceis. Dessa maneira, você evita complicações com a Prescrição e também protege a saúde financeira do seu negócio.

FONTE: https://www.r7.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *