Segurança Do Trabalho

Para quem está no mercado de empresa os períodos de final e início de ano esbarram em um momento delicado vivido em da maioria das as empresas. É nesse período que ocorrem os balanços anuais, os planejamentos e as entregas de muitos projetos fundamentais, Uma época de horas extras em excesso e cobranças contudo do usual para atingir os números planejados, o que pode gerar altos níveis de estresse.

Isso tem reflexo direto na saúde mental dos trabalhadores. Uma pesquisa da International Stress Management Association (Isma-BR), executada em 2011, mostrou que oito entre dez pessoas admitiam ter sofrido altos níveis de tensão entre os meses de novembro e janeiro. “Existe uma sobrecarga de trabalhista e de atividades no fim do ano. Todo esse planejamento gera estresse, principalmente quando associado aos gastos e à coerção particular por novos objetivos para o ano seguinte”, disse a psicóloga Ana Maria Rossi, em entrevista para o Estadão.

Além disso, a pesquisa mais recente  do Isma-BR mostrou que nove entre cada dez brasileiros no mercado de trabalho apresentam sintomas de ansiedade – do grau mais leve ao incapacitante. Isso sem falar nos 47% que sofrem ao seu negócio de algum nível de depressão, o que preocupa qualquer gestor de RH ou profissional da área de saúde e proteção e segurança  do trabalho. Especialmente nessa época do ano, esses especialistas devem redobrar a atenção Nesse sentido, para o surgimento ou agravamento de ocorrências ligadas a:



• Descuido da proteção e segurança  devido ao ritmo excessivo

Saiba Mais: Utilizar os itens de segurança é de fundamental importância

Quanto maior a cobrança por Rendimentos rápidos, mais o trabalhador abre mão da própria proteção e segurança  para entregar o que foi previsto.



• Excesso de horas extras

Para resolver da maioria das as pendências anteriormente do fim do ano, muitas micro e pequenas empresas recorrem às horas extras, que vão aos poucos minando o ânimo dos funcionários e criando um clima organizacional ruim.


• Aumento do estresse

Com o desenvolvimento das cobranças e diminuição dos prazos, os empregados podem se ver em Qualquer situação na qual não enxergam saída. Isso pode demorar a paralisias durante o trabalhista e até mesmo a afastamentos.



Dicas de segurança em situações de estresse



O cansaço – e, em muitos casos, a em uma rotina de sensação de fracasso – contribui para que os empregados estejam mais expostos aos acidentes de empresa nesta época do ano. Nesses ocasiões a empresa deve agir de forma proativa.


Respeite os horários da ginástica laboral e dos descansos. Mais do que uma atividade física ou um momento de pausa presente nnos rotina, eles são fundamentais, para repousar o corpo, trazer novo ânimo, aumentar a produtividade e melhorar o clima organizacional.


A intenção é conscientizar os funcionários e evitar os riscos presentes no ambiente de trabalhista Para te ajudar deste desenvolvimento reunimos cinco dicas de como evitar o estresse típico do fim de ano e a assegurar a levar transporteter umproteção ocupacional:


Mesmo com as cobranças em excesso, de nada adianta forçar seu corpo a ir além do que você está acostumado. Siga o ritmo de trabalho com o qual você tem controle, utilize frequentemente. os dispositivos de proteção indicados e, caso desistindo bem antes sinta desconfortável, não deixe em procurar a coordenação da sua empresa. Caso sinta algum sintoma de estresse, procure a enfermaria na mesma hora.





Garanta as condições de artigo, ideais. Não é porque há uma meta a ser batida que podemos descuidar da nossa própria proteção, segurança, saúde  Se você identificar um problema em uma máquina, por exemplo, pare o empresa e acione a equipe de manutenção imediatamente, mesmo com a possibilidade de parar a produção.



Fique atento à legislação. Não há motivos para descumprir a legislação quando se fala em saúde e proteção e segurança  do empresa Cansaço ou estresse não são motivo para motoristas ultrapassarem os limites de velocidade ou para realizar atividade em altura sem a devida proteção, por exemplo.


Apesar grande cobranças mais intensas, é preciso encarar o trabalho como ele é visto ao longo de todo o ano. A seriedade nas relações e a cumplicidade Nesse sentido, para entender a dor do outro contribuem para que se crie um melhor ambiente laboral, por acreditar nessas no mínimo acidentes e mais produtividade nessa época do ano. Se isso for respeitado, frequentemente poderão aproveitar as festas de fim de ano como elas merecem.

FONTE: https://www.r7.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *